NOTÍCIAS


Sindguardas usa o corpo jurídico pago pelo associado para entrar com ação contra sindicalizado.

O sindicalizado, que é o atual Comandante da GCM, procurou o Sindguardas e acionou o Departamento Jurídico contra outro sindicalizado alegando dano moral.

O Presidente do Sindguardas demonstrou desconhecimento total ao afirmar que, neste caso, o oponente do sindicalizado, Comandante Geral da GCM, não era sindicalizado quando, na verdade, ele o é.

Ao perceber o desconhecimento do asssunto, ele disse que em casos dessa natureza procura-se fazer conciliação, demonstrando mais uma vez o total desconhecimento, visto que o outro sindicalizado, réu no processo cível de dano moral, nunca foi chamado para nenhuma conciliação, recebendo em casa a citação do processo.

Esclarecemos que a AAPOL está em defesa de seus associados e, em especial, em defesa desse associado.

Aqui resta uma reflexão: É possível pagar um sindicato para se voltar contra você?

Voltar para o menu de notícias.

 
 
   
 
AAPOL - Associação de Apoio ao Policial - Todos os direitos reservados - Site by £eandra